Os benefícios de três tipos de uva

A uva fornece energia para o corpo por meio dos seus carboidratos, e ainda sem gorduras extras para acumular no seu corpo, sendo uma opção saudável para muitos. Mas os benefícios da fruta vão bem além disso.

Você sabia que cada tipo de uva pode trazer diferentes benefícios para o seu corpo? E que em todos eles existe uma abundância de antocianina, um poderoso antioxidante que ajuda a evitar a formação de coágulos nos vasos, reduzindo o risco de aparecimento de males cardiovasculares?

Saiba quais são os principais benefícios das frutas e como aproveitar cada tipo delas.

Niágara: É o tipo mais consumido no Brasil e está entre as mais recomendadas devido ao alto teor de antioxidantes. É uma boa opção de café da manhã, para consumir carboidratos sem gorduras e começar o dia com mais energia e leveza.

Itália: Esta tem fortes doses de vitamina do complexo B, cálcio e potássio. É conhecida também por suas propriedades antibacterianas e antivirais. O consumo é bom como prevenção para doenças que chegam ao nosso corpo por bactérias ou vírus ou mesmo para o combate delas se você já as adquiriu.

Rubi: É um tipo de origem europeia que contém muita vitamina C e resveratrol, substância que atua na prevenção de diversas doenças, entre elas o câncer. Além disso, quem precisa reduzir os níveis de LDL, o mau colesterol, é uma boa pedida.

Receita: Molho de tomate caseiro

Quem não gosta daquele cheirinho do molho de tomate que vai dar gosto àquele macarrão no domingo?

Depois do tradicional arroz e feijão massas com molho de tomate lidera a lista de preferência dos brasileiros, e a receita pode ficar ainda melhor quando o molho feito de forma caseira, acentuando o gosto do tomate e deixando de lado conservantes e corantes.

Que tal uma macarronada leve e ainda mais tradicional? Saiba como fazer o seu molho de tomate:

Ingredientes:

  • 1 kg de tomates bem vermelhos.
  • 1 ramo de manjericão.
  • 1 cebola picada.
  • 2 dentes de alho amassados.
  • ½ xícara (chá) de azeite de oliva ou óleo.
  • 1 cenoura.
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer:

Lave bem os tomates e faça leve cortes em cruz, depois coloque-os na panela com a água já fervendo, e cobrindo todos os tomates. Deixe cozinhar por dois minutos até a pele soltar e retire os caroços e a pele.

Bata os tomates no liquidificador, e refogue a cebola junto com o alho no azeite ou óleo até dourar. Junte ao refogado de tomate já batido e acrescente também a cenoura inteira para reduzir a acidez.

Por fim leve tudo ao fogo e cozinhe até o molho ficar espesso. Retire a cenoura e adicione sal e  pimenta do reino a gosto. Adicione as folhas de manjericão picadas somente na hora de servir com a massa.

10 alimentos que cuidam da pele

Imagina poder cuidar da sua pele, hidratando e fortalecendo, sem gastar horrores com produtos, tudo de forma natural? Pois é, os cuidados que nós temos com a alimentação para emagrecer e manter o corpo funcionando é útil também para cuidar da pele.

Confira dez alimentos que são fundamentais para uma alimentação que fortalece, e revigora a pele, mantendo-a mais jovem e protegida.

1 – Cenoura:

O ácido lipóico que está presente na cenoura revitaliza o rosto e ainda ajuda a turbinar o bronzeado. Uma cenoura pequena (72 g) por dia é a medida perfeita para um bom tratamento da sua pele.

2 – Frutas vermelhas:

Os morangos, as amoras, as framboesas e outras frutas vermelhas são ricas em cianidina e vitamina C, que formam um exército imbatível contra o envelhecimento precoce da pele, o excesso de oleosidade e a formação de acnes. Elas atuam ainda na produção de colágeno, o tecido de sustentação da pele. O consumo de frutas vermelhas diariamente é o recomendável para um tratamento perfeito.

3 – Iogurte:

Os probióticos na composição do iogurte equilíbriam o organismo e regulam o intestino, o que é fundamental para uma pele hidratada, sem olheiras e desgastes refletidos do cansaço e desequilíbrio do corpo.

4 – Abacaxi:

A fruta possui a substância antiinflamatória que atua diretamente na pele e combate acnes e alergias. O abacaxi também da firmeza aos tecidos da pele. O  mesmo efeito é obtido em variações da fruta como sucos, gelatinas, bolos, compotas e iogurtes.

5 – Uva:

As uvas evitam o envelhecimento precoce da pele. Além de deixar seu corpo mais disposto graças as propriedades diuréticas que estimulam as funções do fígado, a disposição do corpo se exibe na pele.

6 – Castanha do pará:

Previne o envelhecimento ou o enrijecimento dos tecidos da pele, além de contribuir para manter a elasticidade natural do rosto.

7 – Germe de trigo:

O germe de trigo é responsável pela maciez da pele, graças ao zinco e vitamina E em abundância. Mas é preciso manter disciplina, uma colher de sopa de gemer por dia é o suficiente para conseguir os resultados desejados.

8 – Pepino:

O vegetal funciona como regenerador celular, graças a vitamina C e ácido fólico. É eficaz também para quem quer acelerar o processo de cicatrização na pele. Que tal um pepino médio na salada quatro vezes por semana?

9 – Salmão:

Além de todos os benefícios encontrados no peixe, o salmão pode ser ainda um forte aliado na prevenção do câncer de pele, agindo como um filtro solar natural. Tente adicionar ao seu prato ao menos duas ou três vezes por semana.

10 – Soja:

As poderosas propriedades presentes na soja são poderosas para evitar o ressacamento da pele e melhorar a elasticidade no tecido. A versatilidade da soja é importante pois as opções vão muito além dos grãos na salada. Prefira sempre alimentos com base de soja.

Como evitar a fome durante a madrugada?

Já é de conhecimento popular que para um dia saudável e cheio de energia, é preciso abastecer bem o seu corpo de manhã, comum café reforçado, depois um almoço bem equilibrado e por fim, uma janta bem leve, para não dormir de estômago pesado pois a gordura consumida a noite acumula no corpo.

Mas e quando dá aquela fome avassaladora, que simplesmente não da para ignorar, e bem no meio da madrugada? O que fazer?

Confira estas dicas que ajudam a eliminar a fome na hora errada. Saiba como evitar comer de madrugada:

geladeira

1 – Não durma com fome!

Ter que comer menos a noite não significar eliminar a janta de suas refeições diárias. Todas as refeições são importantes. Além disso, dormir com o estômago vazio prejudica seu sono, e você também precisa dormir bem para que seu metabolismo funcione.

Coma pouco, mas coma bem. Sopas, legumes e frutas são as melhores opções para uma janta saudável.

2 – Atenção nos carboidratos:

É recomendável que depois das 18 horas, se evite doces, biscoitos, arroz, batata, pães e massas, pois estes alimentos contém carboidratos que geram uma quantidade muito grande de calorias que vão acumulando durante o período noturno, pois nesse horário, o metabolismo do corpo diminui, fazendo o organismo funcionar lentamente e a queima de energia ser menor.

3 – Faça lanchinhos durante o dia:

Tenha sempre consigo frutas, barrinhas de cereais ou bolachas integrais muito bem embalados na bolsa ou na mochila, para que você possa fazer pequenos lanches entre as refeições do dia. desse modo você abastece o corpo para um jantar mais modesto a noite.

Mas cuidado, prefira alimentos de baixo teor calórico, ao invés de guloseimas que servem somente de excesso de açúcar e gordura para o corpo