10 dicas para manter uma alimentação saudável

Fala-se muito sobre a importância de manter uma alimentação saudável, e sobre como e o que comer. Um bom hábito alimentar é importante para o crescimento e o desenvolvimento fisiológico, a manutenção da saúde e do bem-estar. Mas pouco se fala sobre como é difícil manter esse hábito na correria do dia a dia.  Separamos 10 dicas de como se manter bem alimentado, mesmo com a rotina que exige tanto, o que pode ajudar na própria rotina, te deixando mais relaxado e com mais energia todos os dias.
1 – Comece comprando certo:
Já explicamos aqui sobre a importância de avaliar um produto no supermercado antes de comprar, neste caso, o pão integral. Mas a regra se aplica a tudo que está embalado nas prateleiras. Cheque a composição e os índices de sal, açúcar e todas as outras opções disponíveis. Para saber o que é melhor para você, claro, procure um nutricionista, que vai dizer o que priorizar na hora da compra.
Para uma boa alimentação, não basta comprar alimentos, é importante escolher os componentes certos e nas quantidades certas.
2- Mantenha de cinco a seis refeições por dia: 
Mesmo naqueles dias em que tudo está complicado e você acaba se atrasando pela manhã, o que dificulta o resto do dia, não se pode dispensar nenhuma refeição para compensar nos seus afazeres.
Não pule nenhuma refeição, mantenha o desejum, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia, de preferência, de três em três horas. Esta prática nos faz comer menos em cada uma delas, já que não haverá longos períodos jejum, isso ajuda a equilibrar o seu corpo e dar a energia necessária para o dia inteiro, nada de preguiça por causa de muita comida.
Para quem tem que estar na rua o dia inteiro, ótimas opções são frutas secas, como banana, uva, maçã e abacaxi, ou ainda as oleaginosas, como nozes, castanhas e avelã. São todas fáceis de levar e ter por perto.
3- Incluir cereais integrais no cardápio 
Não precisa mudar sua alimentação diária, apenas substituir alguns alimentos que come diariamente, por suas versões integrais. O arroz, o macarrão e o pão são exemplos disso.
Você pode ainda adicionar a suas receitas diárias, cereais como aveia, amaranto e centeio. Eles são ricos em fibras que causam saciedade, auxiliam no controle dos níveis de glicose e colesterol sanguíneos, além de regularizarem o trânsito intestinal.
4- Reduzir o consumo de gorduras: 
Dê preferências as carnes magras (peixes, peito de frango e de peru), para consumir no dia a dia, deixe a carne vermelha e a carne de porco para o fim de semana, quando puder descansar e digerir bem os alimentos, que são muito gordurosos e podem fazer mal durante a semana.
É importante também evitar frituras, especialmente em restaurantes, onde pode ser usado muito óleo no preparo. Prefira opções cozidas, assadas ou grelhadas.
Se ainda preferir frituras pela rapidez do preparo, prefira óleos vegetais. São ricos em gorduras insaturadas benéficas ao organismo e auxiliam na redução dos níveis de colesterol. Você pode usar: azeite de oliva extravirgem, óleo de linhaça, óleo de macadâmia, óleo canola, óleo de gergelim etc.
5- Com frutas, verduras e legumes 
Devemos comer os três tipos de alimentos diariamente, dando preferência as orgânicas, que possuem maior teor nutritivo – são fontes de vitaminas e minerais que estimulam o sistema imunológico e protegem contra vírus e infecções.
6- Utilizar o sistema “a vapor” 
É um bom método para cozinhar legumes, que ajuda a preservar melhor os nutrientes e a evitar adição de gorduras.
7- Evite fast-food e produtos industrializados:
Ricos em sódio, açucar refinado e gordura trans. Não há motivos para você preferir este tipo de alimentação diária, ao invés de levar sua própria comida para o trabalho. Todas substâncias, se consumidas em excesso, são nocivas ao organismo.
8- Se policie na ingestão de líquidos: 
Se o problema for falta de tempo para preparar um suco de frutas natural, prefira comprar os sucos prontos orgânicos ou chás gelados do que bebidas alcoólicas ou refrigerante. Além de benéficas, são mais refrescantes.  
Evite também o hábito de beber enquanto come. Isto atrapalha o processo digestivo, podendo causas gases e constipação. Coma, depois beba seu suco.
É importante também sempre manter uma garrafa de água por perto. São necessários cerca de oito a 10 copos de água todos os dias para garantir a hidratação adequada, melhorar o funcionamento do intestino, facilitar a filtração do sangue e desintoxicar o organismo.
9- Pratique exercícios físicos regularmente:
Procure um horário na agenda para praticar exercícios ao menos quatro vezes por semana. É recomendável pois além de dar energia e manter o corpo firme, ajuda a prevenir o sobrepeso e a obesidade, melhora a oxigenação, a circulação sanguínea, e aumenta a resistência do organismo.
10- Almoce em locais calmos:

Almoçar pensando nas obrigações que tem a fazer assim que acabar sua pausa, ouvindo barulhos e vozes do escritório ou sendo interrompido para assinar papeis ou qualquer outra coisa relacionada ao trabalho não é nada saudável. Atrapalha a digestão e só piora ansiedade, o estresse e o nervosismo.

Tags:

Deixe uma resposta