Diminuindo as calorias do arroz

Sempre tão popular no Brasil, compondo o prato nosso de cada dia, o arroz tem perdido preferência do consumidor que quer emagrecer devido à necessidade de cortar a quantidade de carboidratos que consumimos todos os dias por causa de nossos hábitos alimentares.
O alimento consumido por mais de 90% da população tem sido considerado um inimigo da dieta, considerando que em somente uma xícara de arroz cozido preparado da forma mais tradicional do brasileiro, usando óleo e manteiga, tem 200 calorias, sendo a maior parte delas do amido, que é processado em forma de açúcar e armazenado como gordura quando em excesso.
Para quem está determinado a emagrecer, a necessidade de cortar o arroz da alimentação é comum, porém difícil de cumprir, uma vez que o alimento é tão comum no nosso prato. Mas e se houvesse uma forma de tornar o arroz mais saudável e menos calórico?
arroz2
Esta é a pesquisa de Cientistas da Faculdade de Química do Sri Lanka, que encontraram uma alternativa para diminuir as calorias do arroz em 50%, e ela se encontra no modo de preparo.
A receita dos pesquisadores é bem simples:
Você ferve a água na panela, preparada para receber o arroz, mas antes de adicioná-lo, coloque óleo de coco no líquido, uma quantidade de 3% do peso do arroz a ser preparado. Depois de pronto, coloque o arroz na geladeira por 12 horas. Isso mesmo, ele deve se requentado, para ser servido.
arroz
Funciona?
Em alimentos como milho, batata e é claro, o arroz, existem tipos diferentes de amido, no caso do arroz, ele é digerido pelo corpo e transformado em glicose e posteriormente gordura, outros tipo são mais resistentes e demoram mais para serem processados pelo seu organismo, sendo menos absorvidos e eliminados, consequentemente armazenando menos gordura no corpo.
Outras pesquisas já comprovaram que o modo de preparo pode alterar a forma do amido e transforma-lo em uma substância que seria facilmente absorvida pelo corpo, em algo mais resistente. E esse método de preparação do arroz propõe exatamente este efeito.
Ao receber um liídio (que é o óleo de coco) antes do seu cozimento, e ser resfriado logo depois do processo, passa por um processo químico que muda sua composição e a torna melhor para seu consumo. Com este método os pesquisadores reduziram as calorias do arroz menos saudável em 12% e do tipo mais saudável em 50%.
Os estudiosos procuram por meios de tornar essa redução ainda mais expressiva, e aplica-la ao preparo de outros carboidratos. Por enquanto, vamos começar a emagrecer nosso arroz de todos os dias?

Tags:

Deixe uma resposta