4 alimentos que abaixam a pressão

Se você tem problemas de pressão alta e não sabe como controlar, além de consultar o médico, é claro, é sempre bom ter pelo menos um desses quatro alimentos por perto caso seja pego de surpresa:
Chocolate: Se conter de 50% a 85% de cacau, o chocolate ajuda a fazer a pressão cair. É suficiente apenas um quadradinho de uma barra para conseguir se sentir bem.
Os flavonoides do cacau propiciam a formação de óxido nítrico, que, por sua vez, relaxa os vasos sanguíneos.
Dica: É recomendável o consumo do chocolate amargo, para que haja a porção de cacau necessária para a diminuição da pressão. Evite chocolate branco, ao leite, ou qualquer outro muito gorduroso.
Nozes: A relação entre as nozes e o controle da hipertensão ainda gera muitas dúvidas. Porém um recente ensaio clínico com mais de 7 mil pessoas comprovou que o consumo das nozes e de outras oleaginosas, como amêndoas e avelãs, ajudou no controlo do pico da pressão.
Isso porque as nozes são cheias de polifenóis e de ácido alfalinolênico, uma versão do ômega-3.
Leguminosas: Uma pesquisa realizada por experts da Universidade de Toronto, no Canadá, constatou supreendentes resultados dos testes em pessoas com diabetes que comeram uma xícara diária de leguminosas – feijão, por exemplo – a intervenção não só melhorou os níveis de açúcar correndo pelo sangue como também aliviou as artérias tensionadas.
O feijão possui baixo índice glicêmico, prevenindo os picos de glicose. Com isso, também fica mais fácil controlar a pressão.
Dica: Ao preparar o feijão, abra mão de temperos industrializados, lotados de sódio. Experimente refogá-lo com alho, cebola e adicionar ervas.
Uva- Passa: Outro experimento, agora no Centro de Pesquisa em Aterosclerose e Metabolismo de Louisville, nos Estados Unidos, associou a ingestão de passas a uma redução na pressão de pessoas pré-hipertensas. Graças aos polifenóis, antioxidantes detectados na casca do alimento.
Dica: A fruta natural tem mais água do que as uva-passas, logo, elas são, o que pode culminar no consumo exagerado. Por isso, para controlar o consumo, não passe de duas colheres de sopa por dia.
 

Tags:

Deixe uma resposta