Arquivo da tag: emagrecimento

Problemas pra emagrecer? Descubra por que.

problemas para emagrecer

Você está desde 2015 focado na sua dieta e mesmo assim não consegue perder peso?

Saiba que algumas escolhas podem estar sabotando seu processo de emagrecimento.

É importante lembrar que para manter a saúde, você deve optar por uma reeducação alimentar, que é um processo mais demorado, mas muito mais eficaz e seguro. Dietas da moda são perigosas e podem causar problemas nutricionais.

Descubra alguns dos principais motivos que podem estar contribuindo para que os ponteiros da sua balança não abaixem.

  • Excluir grupos nutricionais: O mais comum em todas as dietas: Cortar agum grupo de alimentos como o carboidrato. O corpo necessita de todas as categorias de alimentos e excluí-la de seu cardápio pode ocasionar perdas nutricionais. Por exemplo, o carboidrato gera energia e nos da disposição e retirá-lo da sua vida pode gerar problemas colaterais. O ideal sempre é reduzir e buscar um equilíbrio com outros  diversos grupos alimentares.

  • Ficar horas em jejum: Ficar muito tempo sem comer faz com que o corpo gere estoques de energia, deixando o metabolismo mais lento para guardar as reservas. Este processo leva ao aumento de peso. Opte por refeições leve, de 3 em 3 horas.

  • Consumir produtos light ou diet em excesso: Engana-se quem pensa que pode abusar de um produto apenas por este ser light/ diet. Muitas destas opções contém menos açúcar mas muito mais gordura, fazendo com que a quantidade de calorias ingerida seja equivalente aos normais

Alguns alimentos também podem estar sabotando sua dieta. Descubra alguns neste post

Lembrando que o ideal é que o processo de emagrecimento seja acompanhado por um nutricionista ou profissional da área!

Folia do bem: Como ter um Carnaval saudável?

Fevereiro é um mês muito esperado por muitos brasileiros por causa da mágica festa do Carnaval. Dias de música, dança e animação.

Claro que esta maratona pode cansar bastante se somada ao calor que também acompanha este período, mas com uma alimentação regrada durante os dias de folia e os cuidados necessários para sua saúde, é possível não só aproveitar a folga muito bem para se divertir, como também fazer uma dieta rápida e fortalecedora, e quem sabe, perder alguns quilos.

Saiba como curtir o Carnaval de forma saudável, e se prepare para a folia:

Água nunca é demais:

Hidratação é fundamental, e isso para todos os dias, é claro! Mas se você não aumentar a quantidade de água que costuma ingerir para os dias do Carnaval, pode não haver reservas suficientes no seu corpo para lidar com tanto gasto de energia e suor dos blocos e festas que você comparecer.

Beba muita água antes de sair e quando chegar em casa, mas leve uma garrafinha para a folia também! E se faltar, deixe os trocados no bolso para comprar na rua. Sempre que sentir muito calor ou estiver suando muito, reponha as energias com um bom gole.

Carboidratos do bem:

Você vai precisar de muita energia e força nos músculos para subir e descer ladeiras, e tudo isso sambando e dançando muito! Por isso, aposte no abastecimento natural com carboidrato, mas escolha aqueles que dão energia e não pesam no estômago, causando mal estar. Você ainda ganha o bônus de poucas calorias, e ajuda na dieta!

Aposte na abóbora, grão de centeio, arroz e pães integrais, mandioca, feijão e maçã para refeições fortalecedoras e sem gorduras.

Detóx todo dia:

Quem gosta da tal cervejinha ou outras bebidas alcoólicas normalmente aproveita os dias de Carnaval para abusar e descansar da ressaca no dia seguinte. A recomendação é nunca abusar das bebidas, para evitar inchaço e poder aproveitar a festa toda sem cansar ou perder os sentidos. Quem quer aproveitar o período para perder peso também não deve se render.

Mas para quem insiste e não abre mão das bebidas nos dias de folia, é bom abusar também do detóx no dia seguinte, para evitar mal estar, barriga inchada e ganho de peso. Além das receitas tradicionais, a indústria tem investido nas versões de caixinha do suco, para quem não tem tempo, jeito para preparar ou estiver cansado demais para isso.

Folia também queima gorduras:

Vá se divertir sem medo. Suba e desça ladeiras, corra, dança, rebole e sambe! Tudo isso ajuda você a queimar muitas calorias e o melhor de tudo, sem nem perceber, com muita distração e diversão. Para quem não gosta da rotina na academia e quer fugir disso, o Carnaval é o melhor período. Mas vá confortável, além da água para hidratar como já foi recomendado, vá de tênis e roupas confortáveis, afinal, Carnaval é para bagunçar né?

 

Como manter o peso depois da dieta

Depois de passar o ano em uma dieta rigorosa para ter um corpo bonito e saudável para o verão, você finalmente conseguiu atingir seu plano inicial e alcançar o peso ideal.

Agora a sua nova meta é manter o tão desejado peso conquistado, e para isso, não adianta continuar se alimentando dentro das regras da dieta, pois assim você só vai continuar perdendo peso.

Mas ao mesmo tempo, é preciso foco para fugir aquelas pequenas tentações que tentavam atrapalhar a sua dieta.

Para valorizar o seu esforço na dieta, veja algumas hábitos saudáveis que vão te ajudar a manter o peso conquistado:

 – Coma bem! 

Agora você não precisa mais cortar carboidratos, proteínas, ou outros nutrientes como fazia em sua dieta anterior. Você pode aumentar a quantidade que consume diariamente até se sentir saciado em sua alimentação. Mas sem exageros, algumas regras são fundamentais para uma vida saudável, muito além da dieta, como evitar o excesso de gordura ou o consumo de carboidrato durante a noite, tudo em excesso pode prejudicar os progressos que você já fez.

Não coma menos, nem coma mais, coma bem. Invista em verduras no almoço e no jantar e muitas frutas para a sobremesa, substituindo os industrializados e gordurosos.

 – Acelere o seu metabolismo: 

Agora que você tem mais controle sobre seu corpo e as substâncias que fazem você engordar com mais facilidade, tente aumentar o seu metabolismo, fazendo lanches saudáveis a cada três horas, e fazendo seu sistema digestivo consumir bem a comida ingerida, desse modo, você poderá comer e perder calorias mais facilmente.

 – Mantenha a rotina de exercícios em dia: 

Não é porque você perdeu peso que deve largar a rotina de atividades a qual você aderiu durante a dieta. A prática de esporte e atividades físicas frequentemente mantém o nosso corpo saudável e é claro, ajuda a manter o peso desejado.

Se suas atividades consistiam em muitos exercícios aeróbicos, tente diminuir a demanda equilibrando com musculação, o que ajuda a definir o corpo já no peso que você tanto desejava.

Se o seu objetivo é manter o peso conquistado, peça para que o seu treinador ou professor da atividade que pratica, mude sua rotina de exercícios para que você possa equilibrar o seu corpo com a nova rotina de alimentação.  

Saiba como evitar o efeito platô

Você mudou seus hábitos alimentares e adicionou uma rotina de exercícios a fim de emagrecer, mas depois de meses de dieta, o ponteiro da balança não se mexe. Pode ser desesperador ver todos os seus esforços não darem resultados, mas também não é fora do normal.

Muitas pessoas sofrem com o efeito platô, ou seja, fazem dietas mas não perdem peso. Isso significa que o seu corpo encontrou um ponto de equilíbrio entre a ingestão alimentar e o gasto calórico, o que estabiliza o seu peso.

Optar por dietas  malucas, que eliminam elementos necessários para o corpo, como carboidratos e proteínas, acabam aumentando as chances de cair nessa cilada da dieta que não da certo.

O ideal para um ser humano conseguir perder peso sem maiores problemas, é ter uma redução de 0,5 a 1,5 kg por semana, o que totaliza uma redução de 2 a 4 kg por mês. Se o corpo é submetido a uma perda brusca de massa corporal, o organismo fica desajustado, e junto com ele, os macanismos de armazenamento de gordura.

Para evitar cair na armadilha do efeito platô, siga estas dicas que a Massima preparou para você:

– Procure o plano alimentar mais adequado:

Antes de começar uma dieta, procure um nutricionista. O profissional vai avaliar o que o seu corpo precisa adquirir e eliminar por uma vida mais saudável e um processo de emagrecimento mais eficaz.

Não caia na armadilha das dietas malucas que propõe cortar elementos essenciais da sua alimentação diária.

É importante também que você siga a risca as recomendações do médico e equilibre a nova dieta a exercícios físicos regulares.

– Se certifique de consumir vitaminas e minerais: 

São dois elementos que o nutricionista não vai deixar de receitar na sua dieta. Verduras são grandes fontes de vitaminas, minerais e fibras, que estimulam o organismo para melhor funcionamento, além de aumentarem a saciedade, sendo um aliado na redução de peso, e podendo ajudar você a se adaptar ao novo cardápio diário, pois fazem você perder a vontade de comer qualquer besteira durante o dia.

– Alimente-se bem:

Muitas pessoas acreditam que pular refeições é uma boa estratégia para perder peso. Mas esta técnica é completamente falha e ainda pode prejudicar o seu rendimento durante o dia por causa da falta de energia. Além disso, pular refeições pode causar o efeito contrário ao emagrecimento, já que quando o nosso corpo fica muito tempo sem receber alimentos, o organismo ativa mecanismos de armazenamento de gordura.

Seguindo a recomendação do nutricionista, procure se alimentar a cada três horas todos os dias, leve para o trabalho pequenas marmitas ou mesmo produtos industrializados (se forem saudáveis e liberados pelo nutricionista) para não deixar de comer.

– Durma bem: 

Dormir em média 8 horas por noite é fundamental para controlar o peso e a ingestão alimentar, por isso, manter o sono em dia é uma medida principal para uma dieta bem sucedida. r a intensidade do exercício

– Intensifique os exercícios diários: 

Malhar na academia, ou cumprir seu tempo de aeróbico são mesmo medidas importantes para equilibrar sua dieta e ajudar a perder calorias, mas você pode aproveitar a potencia e energia que os exercícios fazem o seu corpo adquirir e intensificar os exercícios diários, de modo que o seu corpo se acostume a trabalhar mesmo fora dos horários de exercícios e que você possa aproveitar para perder ainda mais gordura. Prefira ir a lugares de bicicleta se você puder, e troque o elevador por escadas no trabalho ou no prédio onde mora, por exemplo.

O cogumelo na alimentação

Apesar de ser cultivado ao redor do mundo há mais de cem anos, os cogumelos só começaram a ser plantados no Brasil na década de 1950. Por isso, ainda estamos descobrindo as maravilhas do alimento.

Sabemos o seu valor em uma receita, graças ao sabor e textura. Mas além disso, o cogumelo também pode ser um aliado para a saúde. Diferentes tipos, ajudam a emagrecer, a prevenir doenças cardiovasculares e ainda controlam o colesterol.

Tudo isso pois são altamente nutritivos e com pouca gordura. Além disso, as vitaminas, proteínas, fósforo, ácido fólico e fibras presentes no alimento também são fundamentais para a saúde.

Natureza na mesa: Os cogumelos não estão nas categorias dos vegetais, verduras ou legumes, mas sim, na dos fundos. Isso pode assustar no começo, mas imagine que há 4,5 mil espécies de cogumelos comestíveis no mundo. Muito deles já são usados nos pratos dos brasileiros, como:

– Shiitake: Este tipo normalmente apresenta uma coloração escura e píleo, (aquele chapeuzinho que fica no topo do cogumelo) mais largo. É mais utilizado para saladas, massas, molhos e risotos.

– Shimeji: Estes são pequenos e de cores preto e branco. Normalmente são consumidos grelhados, acompanhando carnes. Você já deve ter visto este tipo também como adicional em um prato da culinária japonesa.

 

– Funghi: Originado da Itália, este é bastante utilizado em massas, risotos e molhos.

– Champignon de Paris: Este é o tipo mais consumido no mundo e é também o mais popular no Brasil. É aquele que apresenta coloração branca e colocamos em estrogonofes, saladas e até alguns sabores de pizza.

Escolha saudável: Além dos benefícios já citados, o cogumelo conta ainda com vitaminas do complexo B, essenciais na saúde mental e emocional.

As proteínas presentes ajudam na manutenção dos tecidos, enquanto o fósforo fortalece os ossos e os dentes.

E ainda pode-se confiar nos cogumelos como fonte de fibras, que auxiliam no funcionamento do intestino, controle de colesterol e emagrecimento, pois elas ajudam a absorver a gordura a promover a saciedade.

Quem tem problemas cardiovasculares, ou estão em tratamento contra câncer, lúpus, hepatite e HPV, pode contar com os cogumelos como fortalecedores, graças ao ácido fólico presente no alimento.

Hora da compra: O brasileiro está pouco acostumado a consumir o cogumelo, quem dirá compra-lo. Mas se você quiser incluir o alimento na sua dieta diária e leva-lo para casa, tome certos cuidados na hora da compra e conserva.

Verifique se o cogumelo está firme e com coloração forte, sem manchas ou outras tonalidades na superfície.

Depois que comprar, guarde na geladeira. Você pode mante-lo lá por dez dias, mas prefira consumi-lo em até cinco.

Antes de consumir, não se esqueça de lavar. Esfregue com uma toalha de papel umedecida e enxágue. Não deixe de molho na água, para não perder o sabor.