Arquivo da tag: diabetes

Receita: Bolo de chocolate diet

Ao pensar nos cuidados com a saúde do diabético, muitas restrições começam a ser listadas, especialmente quando se trata do consumo de doces.

É claro que é preciso controlar os níveis de insulina no sangue, e para isso ter uma alimentação regrada e livre da gordura que os doces oferecem, mas isso não significa que o diabético tem que se privar de totalmente das delícias.

Uma boa opção por exemplo, é criar novas versões de seus alimentos favoritos. Confira esta receita de bolo de chocolate para diabéticos.

Você vai precisar de:

  • 8 ovos
  • 3 colheres de sopa de manteiga
  • 1/2 xícara de chocolate em pó sem açúcar
  • 2 xícaras de adoçante em pó
  • 1 colher de sopa de farinha de pão
  • 1 pacote de 100 g de coco desidratado
  • 1 colher de sopa de fermento em pó para bolo
  • 1 colher de chá de baunilha

Para a cobertura:

  • 1 lata de creme de leite com soro
  • 2 colheres de sopa de chocolate em pó sem açúcar
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 xícara de adoçante forno e fogão
Como fazer:
Inicie fazendo a massa do bolo colocando 8 ovos passados por uma peneira no liquidador. Bata por 3 minutos e junte a manteiga, o adoçante, o chocolate, a farinha de pão a baunilha e bata por mais 3 minutos. Depois acrescente fermento e o coco e pulse 3 vezes ou até que fique homogêneo. Em uma forma untada com manteiga, despeje a massa e leve ao forno pré aquecido a 180 graus por 35 minutos.
Para a cobertura, utilize uma panela média e misture o creme de leite com soro, o chocolate em pó sem açucar a manteiga e o adoçante, mexa até ferver por 3 minutos.

Ceia de natal: os cuidados do diabético

As pessoas que sofrem de diabetes devem tomar cuidados especiais na alimentação, e é claro que nas festas de fim de ano, especialmente no Natal, esses cuidados não podem ser deixados de lado.

Entre outros, o consumo de açúcar é o maior problema do diabético, seguida das refeições mais calóricas e gordurosas. Mas mesmo com tais restrições, é possível ter uma ceia saborosa! Basta saber escolher os alimentos e equilibrar a alimentação.

Para saber como controlar a alimentação durante a ceia de Natal, siga estas dicas:

1 – Troque o açúcar das receitas de sobremesa por adoçante, ou prefira alimentos diet. As frutas são liberadas, mas tome cuidado com as que são muito doce.

2 – Se quiser ter o prazer de brindar com os amigos, cuidado com a bebida alcoolica. Escolha as destiladas, como vinho secos, tintos ou brancos, tudo com muita moderação.

3 – Não dispense a salada antes da refeição principal. Ela pode ajudar a saciar e a evitar excessos. Não exagere no tempero, é claro. Use azeite e limão!

4 – Prefira carnes magras. O pernil é muito gorduroso, então, escolha tender, chester, peru e peixes assados.

O feno-grego pode melhorar sua saúde

As saponinas e as fibras presentes no feno grego trazem benefícios pouco conhecidos ao corpo humano. Tomando como um chá, ou incluindo na alimentação, a planta medicinal pode servir como relaxante ou até vitamina.

Conheça como o feno grego pode ser útil para alguns problemas: 

  • Para menopausa: A diosgenina, presente no feno grego é semelhantes ao hormônio necessário no corpo feminino, o estrogênio. Ao digerir o feno grego, a mulher fortalece o que tinha perdido em etogênio e terá os nervos mais controlados durante este período, reduzindo os sintomas da menopausa.
  • Para colesterol: O feno-grego reduz o nível da lipoproteína negativa, de baixa densidade (LDL), ajudando a reduzir o colesterol ruim.
  • Para problemas cardiovasculares: Os 25% de galaxtomananos (fibra natural solúvel que reduz doenças cardiovasculares) presentes no feno-grego podem fazer grande diferença se consumido no dia a dia.
  • Para diabetes: De acordo com estudos de pesquisadores indianos, o feno-grego pode aliviar as diabetes tipo I e II. Durante estes estudos, um paciente com o tipo I da doença e que consumiu o feno-grego durante as pesquisas, conseguiu liberar 54¢ de açúcar pela urina. Isto ocorre graças a presença de fibras naturais que diminuem a absorção do açúcar no sangue e ao mesmo tempo induz a produção de insulina. É recomendado o consumo diário de 15 a 20 gramas do alimento neste caso.
  • Para o emagrecimento: Uma fibra natural solúvel presente no feno-grego, a galactomanana, pode inchar no estômago, reduzindo o apetite.

Além dos benefícios citados a cima, o feno-grego pode ser usado para tratar feridas e inflamações. Mas, não é recomendado para mulheres grávidas. Membro da família do feijão, pode ser encontrado na Índia ou no sul da Europa, mas aqui no Brasil é comprado lojas de produtos e alimentos naturais.

A alimentação do diabético

Diabetes é uma doença que causa o aumento excessivo de açúcar ou glicose na corrente sanguínea. Dentre os muitos problemas acarretados por ela, pode-se destacar a dificuldade de cicatrização  e os problemas de perda de visão. Para mantê-la controlada, além de ingerir a medicação diária, o diabético precisa tomar muito cuidado com a alimentação.

Devem ser evitados os alimentos que contém açúcar ou gordura. Os alimentos ricos em fibras devem ganhar mais espaço na dieta, como verduras e legumes crus e frutas com casca. Não se deve ficar muito tempo sem comer. O ideal para um diabético é distribuir as refeições entre 5 e 6 vezes por dia (incluindo as refeições principais e lanches intermediários). Deve-se também ler atentamente os rótulos dos produtos industrializados para ver se realmente não contêm glicose ou sacarose.

Pode x Não Pode

Tabela de alimentos para o diabético
O que um diabético pode consumir

Lembrando que o portador de diabetes deve sempre procurar um nutricionista para realizar uma dieta balanceada e de acordo com o seu organismo.

Para mais informações, acesse o portal da Sociedade Brasileira de Diabetes.