Sequelas da Pós-Covid e dicas de alimentação

Sequelas Pós-Covid e a alimentação. Qual a relação? 

Você se recuperou da Covid-19 mas mesmo após alguns meses continua sentindo os efeitos da doença? Ou então, teve Covid, começou a apresentar alguns sintomas específicos após meses da sua recuperação, mas também não os associou à doença? 

Saiba que você não está sozinho nessa.

Um estudo revelou que 1 em cada 3 pessoas que se recuperaram da Covid apresentaram algum tipo de queixa a longo prazo. Nesse cenário, a alimentação desempenha um papel fundamental, já que o coronavírus pode afetar nossa massa muscular e também levar a perda de nutrientes. 

Num cenário geral, investir em alimentos que aumentam a imunidade é o primeiro passo para deixar o organismo sempre protegido e pronto para trabalhar na sua plena recuperação. Além de praticar atividades físicas com regularidade e ter um descanso adequado.  

Confira aqui 8 alimentos que ajudam a aumentar a imunidade 

Recomendamos sempre que cada pessoa tenha um acompanhamento nutricional individualizado e personalizado, afinal, cada caso é um caso, mas de forma geral: 

Para quem teve muita perda de massa muscular:

Recomenda-se aumentar o aporte de proteínas. Se a perda de massa muscular foi muito grande, o ideal é procurar ajuda profissional, já que não adianta aumentar o consumo de proteínas aleatoriamente. Além disso, muitas vezes, é necessário suplementar alguns nutrientes. 

 

Se o tempo de internação levou a feridas na pele:

Inclua alimentos cicatrizantes, que contenham Vitamina C, Zinco e Ômega-3. 

 

Para quem perdeu o paladar ou o olfato:

É interessante treinar os sentidos com alimentos picantes. 

 

Para quem está com perda de cabelo pós-covid:

Inclua na sua dieta alimentos ricos em Biotina (Vitamina B7), como nozes, leite e gema de ovo. A Vitamina B7 ajuda na formação e manutenção da saúde da pele  e cabelos. 

 

Manter o equilíbrio continua sendo a chave da alimentação saudável

Nós gostamos sempre de lembrar que não existem alimentos milagrosos. O principal fator para se ter uma alimentação saudável é o equilíbrio entre macro e micronutrientes. 

Por isso, apegue-se a incluir alimentos de todos os tipos, inclusive carboidratos, mas de forma balanceada. E converse também com uma nutricionista para entender como chegar nesse equilíbrio da melhor forma! 😉 

 

Tags:

Deixe uma resposta