Direto do Forno - Blog

A alimentação nas escolas na era dos snacks

Todo mundo sabe que uma boa alimentação ajuda no desenvolvimento físico e intelectual de crianças e adolescentes. Pois bem, como fazer com que os pequenos e os jovens se alimentem de maneira correta na escola, local onde passam grande parte do tempo? A comida saudável compete (e muitas vezes perde) com os salgadinhos, doces e frituras da cantina, e o desafio está em tornar o lanche saudável atraente para esta galerinha que adora comer snacks como refeição.

Cabe aos pais e às escolas oferecerem alternativas divertidas, nutritivas e saudáveis para as crianças e adolescentes em idade escolar. Ensinar “brincando” também é uma boa maneira de mostrar os benefícios de se comer frutas, verduras e legumes. Segundo uma pesquisa do IBGE de 2007, as escolas já vêm buscando essas alternativas para inserir no cardápio da criançada devido ao alto número de alunos com sobrepeso no ensino fundamental: mais de 20% dos alunos do 9º ano estão acima do peso ideal para a idade em todo o país. Como fazer então para tornar esta juventude mais consciente e saudável?

Nutricionistas, pais, e professores tentam inserir no cotidiano dessas crianças uma grande variedade de “comidas coloridas”, mostrando de maneira divertida um prato saboroso e nutritivo. Incentivar as práticas culinárias também é uma saída divertida e inteligente de mostrar a estes alunos que é possível consumir uma refeição gostosa sem necessariamente abusar das guloseimas. Incentiva-se também os pais a ensinarem desde cedo aos seus filhos os benefícios de se comer bem, lembrando que “comer bem” não é exagerar na comida, e sim ingerir todos os nutrientes necessários para se manter um corpo saudável e uma vida melhor.

Abaixo, seguem algumas dicas criativas para incrementar o lanche das crianças (vídeo do portal R7):

E para as escolas que quiserem inserir em seus serviços oferecidos uma alimentação de qualidade, saborosa e balanceada, entre em contato conosco, que temos a solução ideal para todos os públicos: Massima Atuação.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *