Vitamina D no combate a tuberculose

Dia 24 de março é o Dia Mundial de Combate a tuberculose, doença infecto contagiosa causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis ou Bacilo de Koch (BK). A doença afeta principalmente os pulmões mas atinge também os ossos e rins. A bactéria que transmite a tuberculose é passada via aérea, quando ocorre a inalação de gotículas contendo bacilos expelidos pela tosse, fala ou espirro da  pessoa já infectada.

Na hora de se munir e combater a turbeculose , a vitamina D é a maior aliada. O combate direto a doença depende do sistema imunológico, onde linfócitos (parte do sangue responsável pela defesa ou imunidade do organismo) liberam proteína para que os glóbulos brancos ataquem as bactérias invasoras, inclusive a mycobacterium tuberculosis.

A vitamina D age no organismo de forma a permitir que este processo aconteça, por isso quanto mais presente no corpo, mais forte é o combate a tuberculose.

A tosse continua por mais de duas semanas é o principal sintoma de tuberculose. Nesse caso é preciso procurar um médico imediatamente.

Alimentação: 

Para prevenir e até combater a tuberculose é preciso depositar altos níveis de vitamina D ao organismo, estes alimentos ajudam nessa tarefa:

Normalmente alimentos marinhos oferecem grandes índices de vitamina D, porém o salmão é o mais rico. Em apenas 100g do alimento há mais do que a recomendação de ingestão por dia.

Os queijos também possuem alto teor de vitamina D, e são opções de consumo para diversas horas do dia, podendo servir para consumo em todas as refeições.

Já entre as carnes vermelhas o bife de fígado é o maior provedor da vitamina D, pois em 100 gramas há 42% da vitamina.

Receita: Bolo de chocolate diet

Ao pensar nos cuidados com a saúde do diabético, muitas restrições começam a ser listadas, especialmente quando se trata do consumo de doces.

É claro que é preciso controlar os níveis de insulina no sangue, e para isso ter uma alimentação regrada e livre da gordura que os doces oferecem, mas isso não significa que o diabético tem que se privar de totalmente das delícias.

Uma boa opção por exemplo, é criar novas versões de seus alimentos favoritos. Confira esta receita de bolo de chocolate para diabéticos.

Você vai precisar de:

  • 8 ovos
  • 3 colheres de sopa de manteiga
  • 1/2 xícara de chocolate em pó sem açúcar
  • 2 xícaras de adoçante em pó
  • 1 colher de sopa de farinha de pão
  • 1 pacote de 100 g de coco desidratado
  • 1 colher de sopa de fermento em pó para bolo
  • 1 colher de chá de baunilha

Para a cobertura:

  • 1 lata de creme de leite com soro
  • 2 colheres de sopa de chocolate em pó sem açúcar
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 xícara de adoçante forno e fogão
Como fazer:
Inicie fazendo a massa do bolo colocando 8 ovos passados por uma peneira no liquidador. Bata por 3 minutos e junte a manteiga, o adoçante, o chocolate, a farinha de pão a baunilha e bata por mais 3 minutos. Depois acrescente fermento e o coco e pulse 3 vezes ou até que fique homogêneo. Em uma forma untada com manteiga, despeje a massa e leve ao forno pré aquecido a 180 graus por 35 minutos.
Para a cobertura, utilize uma panela média e misture o creme de leite com soro, o chocolate em pó sem açucar a manteiga e o adoçante, mexa até ferver por 3 minutos.

Os benefícios do gengibre

Conhecido por suas propriedades anti-inflamatórios e antioxidantes, o gengibre é muito utilizado para receitas medicinais, como um aliado no funcionamento dos sistemas digestivo, respiratório e circulatório e no combate a doenças como gripes e resfriados. Mas há outros benefícios que planta pode trazer a sua saúde, como o emagrecimento por meio de sua ação termogênica.

O gengibre possui mais de 400 substâncias com propriedades expecorantes e digestivas, algumas delas são ferro, magnésio, potássio e vitamina B6, além dos componentes medicinais como cafeno, felandreno, zingibereno e zingerona, substâncias com ação terapêutica. Saiba como aproveitar estas substâncias benéficas encontradas na planta para sua saúde:

Benefícios: O gengibre pode ser utilizado de forma mais eficaz no tratamento contra resfriados e até a gripe, pois pode aliviar dores de garganta e tosses. Além de minimizar náuseas e enjôos, funcionando com um expectorante para quem tem problemas digestivos.

Mas o que poucos sabem é que o gengibre ser útil ainda para combater sintomas de artrite, dores na coluna, dores menstruais e até complicações da gota (doença reumatológica, inflamatória e metabólica).

O gengibre é também um aliado no emagrecimento, graças a sua ação termogênica que auxilia na queima de gordura corporal e acelera o metabolismo, reduzindo o seu peso.

Alimentação com gengibre: A recomendação diária para o consumo do gengibre é de 2 a 3 grmas, dividido em 3 pedaços de 2 centímetros.  Mas a planta oferece uma variedade de cardápio para ser ingerida, pode ser misturada na comida, em sucos, chás e em forma in natura (crua), onde o gosto que já é forte fica mais evidente.

Para soluções rápidas como a cura de uma dor de garganta ou nauseas, você pode encontrar o gengibre em versões de balas ou cápsulas, ou até em óleo para aplicar em massagens e trata dores de forma externa. Para gripes mais intensas, a melhor recomendação é o chá da planta.

Para funcionar bem no emagrecimento, é preciso estimular o perda de gordura praticando exercícios físicos, o consumo do gengibre vai ajudar a aumentar a queima de gordura.

Uma boa sugestão para consumir o gengibre diariamente, é adicionar raspas ou até mesmo utilizar a versão ralada na água, misturando em uma garrafa que você carregará ao longo do dia. O efeito térmico do gengibre na água vai manter a temperatura corporal elevada e você queimara mais gordura durante o dia. Além de manter o metabolismo acelerado por umlongo período.

Alimentação para um Carnaval saudável

Durante o longo período de festas que o feriado do Carnaval nos proporciona, muitas pessoas acabam deixando a alimentação e a hidratação de lado para não perder tempo na avenida. Mas é preciso se policiar especialmente nesses dias onde o gasto energético e calórico é contínuo, para repor as energias e chegar na quarta-feira de cinzas com histórias bacanas para contar.

Saiba o que seu corpo vai precisar para passar o feriadão do Carnaval forte e saudável:

Nas manhãs dos dias de carnaval, tenha um café da manhã rico em cereais, grãos e pães (mas de preferência aos integrais) dessa forma você garante energia ao seu corpo para a tarde e a noite de folia.

No almoço diário, prefira carnes grelhadas ou assadas, evite a fritura para não ter um peso desagradável no estômago durante a folia.

As frutas manga, mamão, pêssego, caqui, maçã, banana, uva, abacaxi, maracujá e melão, são fortes fontes de potássio e vitamina C, que fortalecem os músculos do corpo, além de desintoxicar o fígado, ajudando naquela ressaca típica de carnaval. São boas pedidas também para a manhã pós festa ou a noite antes da festa.

Cuidados: 

Mas não é porque agora você conhece o truque do auxílio das frutas no seu organismo depois da ressaca que você deve abusar da bebida alcoólica. Além de ser perigosa para seus sentidos, a bebida desidrata e este é o efeito contrário do que você precisa no Carnaval.

Leve sempre uma garrafa de água para as festas ou coma muita melancia antes de sair de casa, a fruta tem grandes reservas de água e hidrata.

Você pode apostar em energéticos para aguentar todo o percurso da avenida, mas não misture com álcool.

Na praia a maioria das opções são os frutos do mar,  mas tome cuidado com os alimentos que, se estiverem mal conservados podem provocar intoxicação. Escolha restaurantes e quiosques que apresentam boas condições de higiene e atendimento. Como dito antes, evite também as frituras e bebidas na praia.

Com esses cuidados é possível ter um feriado divertido e saudável, sem problemas que atrapalham sua festa. E agora? Esta pronto para o Carnaval?