Receita: Iogurte natural caseiro

Quando falamos sobre os benefícios do iogurte para a saúde, citamos a grande variedade no mercado, que pode ou não eliminar alguns dos benefícios citados. Na dúvida diante de tanta opção, que tal uma receita de iogurte bem saudável e com aquele sabor caseiro? Faça você mesmo!

  • Você vai precisar de:

– 2 litros de leite semidesnatado ou desnatado

– 1 potinho de iogurte consistente integral

  • Modo de preparo:

Coloque o leite em uma panela, leve ao fogo e deixe até ferver. Se formar uma película descarte-a e deixe esfriando até chegar a um ponto morno, mas nunca frio. Lembre-se que o leite estava fervido, precisa esfriar somente o suficiente para ser bebido, e não ficar frio ou gelado.

Quando perceber a temperatura ideal, acrescente o iogurte no leite e misture. Feche a panela e envolva-a com algumas toalhas para manter o aquecimento.

Deixe bem fechado em temperatura ambiente por 12 horas e depois disso, o iogurte está pronto com rendimento de 10 porções e 95 calorias.

Fonte

A alimentação correta para musculação

Quem procura um corpo definido e musculoso acaba indo muito além da musculação para conseguir alcançar seu objetivo mais rapidamente. Muitos optam por suplementos sem ter conhecimento de como ingeri-los ou ao menos se precisam disso.

Se um complemento na musculação é tão necessário, porque não apostar numa boa alimentação? É importante equilibrar treino e alimentação, pois uma alimentação desregrada pode afetar diretamente seu rendimento, e logo, o resultado do seu treino.

É importante saber primeiro que, assim como há alimentos que são abolíveis da dieta pois atrapalham o desempenho, também há alimentos que são necessários para o treino e indispensáveis.

Prefira alimentos ajudam na formação dos músculos, na manutenção da saúde do tecido muscular e aumentam a energia durante o exercício.

De preferência a proteína: 

É o nutriente mais importante para quem está em busca de músculos volumosos e definidos, pois a proteína tem a função de reparar a microlesões que ocorrem de forma natural, estimulando o processo fisiológico para isso. Elas também têm o papel fundamental no transporte de outros nutrientes pelo corpo.

Dica de proteína: Os aminoácidos nos ovos são essenciais para formar o tecido muscular e mantê-lo funcionando bem. A gema do ovo é formada por proteína de alto valor biológico, por isso ajuda a combater microlesões e a formar novas células. O ovo também ajuda a formar novos músculos, graças a vitamina D, que aumenta a síntese de proteínas.

Vitamina B12:

Esta vitamina é indispensável para o bom funcionamento das células nervosas e musculares do corpo.

Dica de vitamina b12: A carne vermelha é a principal fonte da vitamina B12, e você pode ter diariamente nas sua refeições se escolhida corretamente, por isso prefira as opções com cortes magros, como maminha, lagarto e filé mignon. Além de estimular o funcionamento da células nervosas e musculares do corpo, a carne vermelha é fonte de todos os aminoácidos essenciais para o organismo, ferro, zinco e proteínas.

Pós-treino: 

A dor é comum depois dos treinos, na maioria das vezes significa que você fez o exercícios corretamente, e tem que passar por elas até se acostumar e poder elevar seu nível de musculação.

Mas é claro que é possível amenizar as dores após o treino para estar disposto para o próximo.

Dica para pós-treino: Se consumida duas vezes por dia após o treino, a cereja pode reduzir dores musculares. Este efeito é graças a grande quantidade de potássio, fibras e vitamina C, nutrientes necessário para o corpo em repouso, pois aceleram o processo de recuperação muscular.

Os benefícios do abacaxi

O verão está chegando, e o abacaxi é uma das opções mais refrescantes da estação. Mas é preciso aproveitar o mês de novembro para cultivar e colher a fruta, pois esta é a melhor época para isso.

Conheça os benefícios do abacaxi: 

O abacaxi é uma fruta tropical, rica em fibra e vitaminas como a vitamina A, vitamina B1 e vitamina C, por isso é importante que a fruta seja consumida de forma natural, para melhor aproveitamento de tais vitaminas.

No abacaxi é possível se beneficiar também com magnésio, cobre, manganês, ferro, fibras e bromelina.

A fruta proporciona também um bom funcionamento imunológico, melhor funcionamento intestinal e digestão, graças a ação da bromelina presente, além de regular a atividade muscular do coração.

O abacaxi pode ser facilmente incluso na cardápio da sua dieta, já que em uma fatia de 100g da futa, contém apenas 52 calorias. A fruta pode ser substituta das bolachas e doces na hora daqueles lanches intermediários durante o dia.

Evite a fruta no caso de sofrer de refluxo gástrico, úlcera péptica ou duodenais e gastrite, por conta da sua acidez.

Outro benefício do abacaxi é a variedade que ele proporciona na hora de servi-lo e claro, consumir. Tem a possibilidade de servi-lo como acompanhamento de saladas e pratos quentes, podendo dar espaço para outras frutas na mesa na hora da sobremesa.

Outra opção é cortá-lo em pequenos cubos e congelá-los, para manter seu nutrientes na hora de fazer um suco de abacaxi com hortelã, muito digestivo, leve e saudável.

Quem quiser deixar o abacaxi para a sobremesa, é uma ótima opção, já que seu sabor pode satisfazer a vontade de comer doces.

Mitos e verdades sobre o espinafre

Popularizado pelo desenho “O Marinheiro Popeye“, o espinafre foi eleito popularmente a verdura mais importante no prato, já que o personagem principal ficava muito forte assim que a consumia e vencia todos os problemas com tal força. Ao contrário do que as crianças achavam, não se esperava que ficassem tão forte e tão imediatamente, mas acreditava-se (e se acredita até hoje) que o espinafre é a principal fonte de força.

O espinafre é importante sim, e tem até nutrientes que dão força, só não como o desenho de 1953 nos fez acreditar. Conheça agora, outros mitos e também verdades sobre o espinafre para não ter dúvidas do porque ele é tão importante na alimentação.

“O espinafre da força”

Verdade: Como citado acima, o espinafre pode fortalecer sim, pois é rico em ferro, folato, vitamina do complexo B, vitamina A e cálcio. Mas não é tão eficaz a ponto de fazer criar músculos como sua lenda conta.

“Pessoas que sofrem de cálculos reinais ou males reumáticos não pode consumir espinafre”

Mito: Se consumida crua, a verdura pode ser benéfica a quem sofre de gota, artrite e reumatismo por causa do oxalato que é preservado dessa forma. É preciso moderar apenas no consumo do espinafre cozido, pois dessa forma os teores da substância são reduzidos. Quem tem problemas de cálculos, não precisa evitar a verdura cozida, basta reduzir o sal.

“Espinafre purifica o sangue”

Mito: Na verdade, o espinafre fornece o nutriente necessário para formar hemoglobinas, proteínas que transportam oxigênio pelo organismo. Tudo depende da quantidade ingerida e da necessidade e de outros fatores que interferem na sua absorção.

“Use recipientes de alumínio. Não reaqueça”

Verdade: Acessórios de inox contém níquel na composição, e mesmo que sua transferência seja pequena, pode prejudicar alguém que seja mais sensível a substância. Para evitar, prefira panelas de vidro ou ferro. O reaquecimento pode ocasionar maior pedra dos nutrientes, já que muitos já se perdem no primeiro cozinhamento.