Enciclópedia das ervas

A utilização de temperos e ervas dá um toque super especial aos pratos. Se você usar a criatividade, pode melhorar o gosto e o aspecto dos alimentos, transformando simples receitas em refeições diferenciadas.

Além disso, você também pode reduzir a quantidade de sal consumida, já que os temperos conferem grande sabor às receitas.

Não tenha medo na hora de utilizá-los. Arrisque, misture ervas e descubra novas combinações. Claro que já existem as harmonizações tradicionais, o manjericão combina com tomate, o coentro com peixe, mas nada te impede de tentar novas combinações!

Além do sabor, as ervas também possuem propriedades terapêuticas. Por exemplo, as folhas de louro têm propriedades digestivas e deixam o feijão com um sabor irresistível.

Normalmente, na praticidade que precisamos para o dia a dia, utilizamos as ervas secas. Neste caso, você pode hidratá-las com um pouco de azeite e espalhar sobre as carnes ou legumes. Se for utilizar as ervas frescas, acrescente-as no fim da receita, para que elas não murchem.

 

Conheça as melhores combinações para cada erva:

 

Alecrim: Com um aroma muito fresco, o alecrim dá sabor especial a aves, molhos e sopas de tomate, frutos do mar, carnes, batatas e sucos. No churrasco você pode salpicá-lo sobre o carvão!

 

Capim limão: Também conhecido como capim santo ou erva-cidreira, é muito utilizada na culinária oriental. Combina com peixes, legumes e grelhados.

 

Cebolinha: Muito utilizada em omeletes, vinagretes e molhos a base de creme de leite para peixes. Esta erva também excelente em patês, sopas e saladas.

 

Cerefólio: Esta erva é muito usada na culinária francesa. Possui aroma delicado e pode ser usada em tudo que vai salsa: omeletes, vinagretes, molhos, sopas, carnes assadas etc.

 

Coentro: A indústria utiliza este tempero no preparo de salsichas, lingüiças e mortadelas. Em casa e moído, é usado em peixes, carnes, aves, lentilhas, sopas de feijão e legumes.

 

Endro (dill): As folhas do dill dão um sabor suave a comidas que levam menos tempero como o arroz, saladas e peixes, como o famoso salmão marinado escandinavo.

 

Estragão: Possui um gosto mais forte e combina com molhos, vinagres, saladas, peixes e omeletes. É muito utilizado na culinária francesa.

 

Funcho: Também chamado de erva-doce-de-cabeça é muito utilizado na culinária mediterrânea. É uma erva muito aromática e combina com carnes, bolos e doces com milho.

 

Hortelã: Com sabor e perfume fortes, a hortelã é típica da culinária árabe. É ótima para a finalização e decoração de pratos e pode ser usada em chás, sobremesas, assados e grelhados.

 

Louro: Com propriedades digestivas dá um sabor muito agradável ao feijão e carnes assadas.

 

Manjericão: É indicado para massas, saladas e molhos a base de tomate. O ideal é acrescentar estas folhas na finalização do prato.

 

Manjerona: Possui sabor semelhante ao orégano e é excelente para valorizar carnes, aves e pratos a base de tomate.

 

Melissa: Esta erva dá um ligeiro sabor de limão aos pratos com base de peixe e frango. Também combina com sobremesas feitas de fruta, sucos e chás.

 

Orégano: Com sabor forte e aromático, o orégano vai bem com molhos a base de tomate. Um de seus usos mais populares é na pizza, mas também pode ser usado em omeletes e pratos com queijo.

 

Salsa: Com aroma suave, é indispensável na preparação de saladas e sopas. Quando cozida, ela destaca o sabor do prato principal.

 

Sálvia: Se você for rechear carnes e aves, use a sálvia. Suas folhas aveludadas também podem ser usadas para decorar o prato.

 

Tomilho: Combina com ensopados, marinados e molhos a base de vinho.

 

 

Dicas para deixar suas unhas fortes!

Não há uma mulher que não queira estar com as unhas maravilhosas, mas de nada adianta se preocupar apenas com a cor do esmalte se suas unhas não estiverem fortes. A beleza das suas mãos começa na alimentação. As unhas são o reflexo da sua saúde e comendo os alimentos corretos você pode promover o fortalecimento, acabar com as indesejadas descamações e ainda fazer com que o esmalte dure mais tempo! Os principais nutrientes para ter unhas saudáveis são: Vitamina A e B, sais minerais como o zinco, proteína, ferro e cálcio. Confira os alimentos que fornecem os nutrientes necessários para deixar sua mão linda se…

Suas unhas demoram a crescer

Você precisa de: vitamina A e pode encontrá-la em vegetais e frutas de cor amarela, laranja e verde-escura.

Alimentos indicados: Cenoura, brócolis, espinafre, melão, manga, laranja, peixe e ovos.

 

Suas unhas descamam com facilidade

Você precisa de: biotina, uma vitamina do complexo B.

Alimentos indicados: Gema de ovos, couve, alface, tomate, cebola, salmão, fígado bovino, leite, morango e nozes.

 

Suas unhas estão com linhas verticais

Você precisa de: ferro, um sal mineral responsável pelo transporte de oxigênio pelo sangue.

Alimentos indicados: Carne bovina, atum, frango, ovos, feijão, pão integral, açaí, beterraba e uva-passa.

 

Suas unhas estão fracas e têm manchas brancas.

Você precisa de: zinco, mineral que participa das reações químicas nas enzimas que regulam a função corporal.

Alimentos indicados: Ostras, frutos do mar, carne, aves, grãos integrais, nozes e levedo de cerveja.

 

Suas unhas estão duras, secas e quebradiças

Seu organismo precisa de: enxofre, o mineral mais abundante do corpo humano, essencial para a síntese de colágeno.

Alimentos indicados: Alho, repolho, cebola, nozes, leite, frutos do mar, aves e couve. Além destes alimentos você pode dar uma mãozinha às unhas hidratando-as diariamente!

Estrogonofe de abóbora

Um dos pratos mais queridos por crianças e adultos é o estrogonofe. Ele conquista o paladar da maioria por ter uma combinação clássica de sabores e por ter uma aparência deliciosa.

Gostoso ele é mesmo, mas não é uma das refeições mais saudáveis que existem. Por isso, a Massima vai te dar uma dica especial, que é pra lá de gostosa e nutritiva: o estrogonofe de abóbora. A base é simples e rápida, como o estrogonofe tradicional, e o prato é uma forma criativa de deixar a mesa mais saudável pra toda família. Confira a receita:

 

Você vai precisar de

  • 500g de peito de frango cortado em cubos
  • ½ abóbora japonesa
  • 1 cebola
  • 4 dentes de alho
  • Sal a gosto
  • 1/2 colher de sobremesa de açafrão
  • 1 lata de creme de leite

 

Modo de preparo:

  1. Corte a abóbora em cubos e coloque para ferver até que ela fique bem macia e comece a desmanchar.
  2. Enquanto isso, refogue o frango na cebola e no alho.
  3. Quando a abóbora estiver no ponto, amasse-a com um garfo até que ela fique com a consistência de um purê.
  4. Acrescente o frango refogado, o açafrão e o sal e mexa bem.
  5. Depois da fervura, coloque o creme de leite, mexa até ele estar bem quente, mas não fervendo.

 

Pronto, o seu estrogonofe de abóbora está pronto!
Se você quiser deixar o prato ainda mais exótico, acrescente leite de coco antes do creme de leite!