Você sabe o que é um alimento orgânico?

Agricultura orgânica ou agricultural biológica é o nome que se dá para o cultivo de alimentos sem a intervenção de produtos químicos como agrotóxicos ou fertilizantes. Esta cultura valoriza e prioriza o solo, afirmando que se um solo está bom e saudável, os alimentos que dali nascerem também herdarão essas características.

exemplos de alimentos orgânicos
Exemplos de tomates orgânicos

Para garantir um solo melhor e mais fértil, a agricultura orgânica faz uso, dentre outras técnicas, de fertilizantes naturais, como o esterco, a rotação de culturas que é a troca de alimento cultivado a cada plantio, e o controle biológico de pragas, utilizando espécies como a vespa e a lagarta.

Este conceito de “produção agrícola orgânica” se estende a outros campos, como a pecuária. A pecuária “orgânica”, dentre outras características, elimina o uso de hormônios e remédios nos animais, alinhados ao consumo de alimentos orgânicos por parte do gado, garantindo assim uma carne livre de químicas e mais saudável.

Não há um consenso quanto aos benefícios reais destes alimentos, pois diversas pesquisas já encontraram substâncias químicas em alimentos classificados como “orgânicos”, o que coloca em discussão a veracidade dessa prática. O que não podemos esquecer é que devemos inserir frutas, verduras e legumes em nossa alimentação, pois suas vitaminas e nutrientes são fundamentais ao organismo. Para saber mais sobre o assunto e fazer uma escolha consciente, acesse www.portalorganico.com.br

16 de outubro: Dia Mundial da Alimentação

No dia 16 de outubro é celebrado o Dia Mundial da Alimentação, uma iniciativa criada para  comemorar o nascimento da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a  Alimentação (FAO). O objetivo da comemoração é conscientizar as pessoas sobre o problema da fome mundial, e discutir sobre temas diferentes dentro do assunto. O tema deste ano é “Preço dos alimentos: da crise à estabilidade.”

Este tema remete a uma questão econômica, que fala sobre o aumento no preço dos alimentos e os impactos dele em países e regiões de pobreza, impedindo que os cidadãos do local possam ter uma boa alimentação, o que sabemos, é a base para uma vida saudável.

Cartaz de Divulgação do Dia Mundial da Alimentação 2011.

Uma alimentação de qualidade deveria ser um direito básico do ser humano, visto que sem ela, o crescimento e o desenvolvimento ficam prejudicados. Milhares de pessoas morrem anualmente, subnutridas e pouco se faz para reverter este problema, que é de todos nós.

Para quem se interessar, o site do Fome Zero indica programas e eventos que apóiam o Dia de Hoje, e você pode acessá-los, clicando aqui.

Para quem quiser saber mais sobre alimentação, aqui vão algumas dicas do canal Alimentação Saudável:

A alimentação nas escolas na era dos snacks

Todo mundo sabe que uma boa alimentação ajuda no desenvolvimento físico e intelectual de crianças e adolescentes. Pois bem, como fazer com que os pequenos e os jovens se alimentem de maneira correta na escola, local onde passam grande parte do tempo? A comida saudável compete (e muitas vezes perde) com os salgadinhos, doces e frituras da cantina, e o desafio está em tornar o lanche saudável atraente para esta galerinha que adora comer snacks como refeição.

Cabe aos pais e às escolas oferecerem alternativas divertidas, nutritivas e saudáveis para as crianças e adolescentes em idade escolar. Ensinar “brincando” também é uma boa maneira de mostrar os benefícios de se comer frutas, verduras e legumes. Segundo uma pesquisa do IBGE de 2007, as escolas já vêm buscando essas alternativas para inserir no cardápio da criançada devido ao alto número de alunos com sobrepeso no ensino fundamental: mais de 20% dos alunos do 9º ano estão acima do peso ideal para a idade em todo o país. Como fazer então para tornar esta juventude mais consciente e saudável?

Nutricionistas, pais, e professores tentam inserir no cotidiano dessas crianças uma grande variedade de “comidas coloridas”, mostrando de maneira divertida um prato saboroso e nutritivo. Incentivar as práticas culinárias também é uma saída divertida e inteligente de mostrar a estes alunos que é possível consumir uma refeição gostosa sem necessariamente abusar das guloseimas. Incentiva-se também os pais a ensinarem desde cedo aos seus filhos os benefícios de se comer bem, lembrando que “comer bem” não é exagerar na comida, e sim ingerir todos os nutrientes necessários para se manter um corpo saudável e uma vida melhor.

Abaixo, seguem algumas dicas criativas para incrementar o lanche das crianças (vídeo do portal R7):

E para as escolas que quiserem inserir em seus serviços oferecidos uma alimentação de qualidade, saborosa e balanceada, entre em contato conosco, que temos a solução ideal para todos os públicos: Massima Atuação.

Vaga para Gerente de Atendimento

Olá, boa noite!

Se você mora na região do Vale do Paraíba e está a procura de uma oportunidade de emprego, conheça os requisitos para nossa vaga de Gerente de Atendimento:

Formação Profissional: 3º Grau Completo em NUTRIÇÃO

Experiência mínima: 2 anos

Conhecimentos básicos: Pacote Office básico

Requisitos:

  • ter carro
  • flexibilidade para supervisionar vários horários de serviço (almoço, jantar e ceia)

Perfil técnico (Conhecimento técnico ou habilidade funcional, relacionados ao processo ou atividades do cargo)

·         Gastronomia

·         Legislação pertinente

·         Técnicas de elaboração de cardápio

·         Boas práticas de manipulação

·         Gestão de negócios

·         Gestão de pessoas

Perfil comportamental

·         Autocontrole

·         Empreendedorismo / Visão estratégica

·         Espírito de equipe

·         Gerenciar recursos

·         Foco em resultado

·         Liderança

·         Iniciativa

Perfil organizacional

·         Comprometimento

·         Consciência da Qualidade

·         Ética

·         Foco no Cliente

·         Integridade

Se interessou: Então envie seu currículo pelo nosso site ou pelo e-mail rh@massimaalimentacao.com.br

Boa sorte!